CBF quer Tite por mais 4 anos; técnico e cartolas programam conversa pós-Copa

Dirigentes procuraram empresário de treinador no fim do ano passado e antes de preparação na Granja. Apesar de reticente com cultura de resultados, Tite é entusiasta de longo ciclo em seleções

Por Clemente Manoel em 07/06/2018 às 21:07:24

Andrew Yates/REUTERS

Tite por mais quatro anos. Há uma Copa do Mundo pelo caminho, mas é esse o desejo da CBF às vésperas do Mundial da Rússia. Os dirigentes da entidade que comanda o futebol brasileiro procuraram o treinador, através do seu empresário, para manifestar a vontade de permanecer com o trabalho do técnico e de sua comissão até a próxima Copa, no Catar, em 2022. 

A ideia atrai Tite, mas, completamente focado no Mundial, o comandante só quer saber de qualquer conversa agora depois da Copa - a princípio para meados de agosto. O último contato foi às vésperas do treinador reunir a Seleção na Granja Comary. No fim do ano passado, seu empresário Gilmar Veloz já havia sido procurado pela CBF sobre a intenção na permanência de Tite - Rogério Caboclo, eleito presidente da CBF, é quem conduz a negociação para tê-lo em outro ciclo de Copa do Mundo. 

- Antes, quando eles (CBF) haviam procurado, o Tite queria focar nas Eliminatórias. Depois, o Tite entendeu que estava em cima da convocação final. Sempre houve ótima relação com o Del Nero (ex-presidente) e com o Rogério (Caboclo, presidente eleito). E sempre falaram da renovação independentemente dos resultados. Isso está muito claro para o Tite e para todos - disse ao GloboEsporte.com o empresário de Tite, Gilmar Veloz. 

Fonte: GE