radio2 tapa buracoEcoponto

Orquivárzea 2018 começa dia 19

A mais tradicional festa da cidade reuniu mais de 40 mil pessoas em 2017 e há mais de dez anos vem fomentando o desenvolvimento da produção da flor que é símbolo da cidade.

Por Jamilson em 04/10/2018 às 20:26:56

A Prefeitura de Várzea Paulista, por meio da Unidade Gestora de Esportes, Lazer, Turismo e Cultura anuncia que nos dias 19, 20 e 21 de outubro de 2018 será realizada a 13ª edição da Orquivárzea, a festa das orquídeas de Várzea Paulista.

Como vem acontecendo nos últimos anos, a tradicional festa ocorrerá na Praça CEU, próximo ao Facilita, no Jardim do Lar e terá algumas novidades importantes nesse ano.

Privilegiando um conceito intimista e acolhedor, o recinto será decorado com peças que remetem a um passeio num ambiente natural e exporá centenas de espécies de orquídeas num ambiente preparado exclusivamente para que os visitantes possam apreciar a beleza sem igual dessas flores como parte dessa decoração.

O evento será realizado pela parceria entre a Prefeitura e a Associação Orquidófila de Várzea Paulista e contará também com a participação das principais entidades assistenciais do município.

 

Programação diferenciada

Como em 2018 a festa terá três dias, haverá exposição contínua durante toda a festa, em que os visitantes poderão apreciar as flores de dez orquidófilos da região, com aproximadamente 300 plantas diferentes. Além da exposição, os amantes de orquídeas poderão adquirir suas preferidas diretamente com o produtor num espaço de mais de 400m2.

Além da exposição e da venda de orquídeas, principais estrelas da festa, outras atrações também farão parte da programação do evento: praça de alimentação, o Espaço Criança, com atividades especiais para os pequeninos, feira de artesanato, exposição de carros antigos e shows musicais temáticos diferenciados.

Na sexta-feira, dia de abertura da festa, o Recinto da Orquivárzea abrirá às 9 horas para vendas de plantas. A abertura oficial ocorrerá às 19 horas e a exposição começa às 16 horas e vai até às 22 horas. A praça de alimentação funcionará das 18 horas até meia-noite e o show musical começa às 20 horas, terminando às 22 horas.

No sábado os horários de vendas e da exposição serão os mesmos, das 9 às 22 horas, a área de alimentação abre às 12 horas e os shows começam às 15 horas, terminando ambos à meia-noite.

No domingo, as vendas permanecerão das 9 às 22 horas, já a exposição, que também começa às 9 horas, terminará às 15 horas. A praça de alimentação funcionará do meio-dia à meia-noite, enquanto os shows começam às 15 e terminam também à meia-noite.

 

Shows com "Túnel do Tempo Musical"

Os shows musicais da OrquiVárzea 2018 seguirão a ideia de viagem no tempo através das músicas de três dos ritmos preferidos dos brasileiros: sertanejo, samba e rock´n´roll.

Na sexta-feira, dia 19, a viagem no tempo terá a música sertaneja como tema. Os músicos da Orquestra de Violeiros Flor de Várzea, Marcos Nunes, o Marcos Viola e Jobson dos teclados, conhecido como Cabecinha do Forró, farão um resgate do sertanejo desde os tempos da moda de viola até o sertanejo universitário atual.

No sábado, dia 20, a viagem será pela história do samba. Relembrando os sambas antigos, passando pelo pagode dos anos 90 até às grandes novidades dos dias de hoje, os grupos Parada do Samba, Pagode do Neneca e Panela Preta agitarão a galera que curte o ritmo que é símbolo do nosso país.

No domingo, a agitação ficará por conta de Cadimiel, Edu Rocker Trio, Risco Iminente, Lisarb e Keep Rocking, que também trarão o que de melhor já foi feito no rock´n´roll nacional e internacional.

 

A entrada é franca, mas você pode colaborar!

Para visitar a Orquivárzea 2018 não será necessário pagar ingresso e não será exigida doação de alimentos, mas quem quiser colaborar com as principais entidades assistenciais da cidade, a organização receberá doações de alimento não-perecível, que serão destinados ao Fundo Social de solidariedade e demais entidades credenciadas.

 

A cidade das orquídeas

Em 2005, ao completar 40 anos de emancipação, Várzea Paulista conquistou sua identidade cultural ao se tornar a Cidade das Orquídeas. Reconhecida como um dos maiores pólos produtores de orquídea na América Latina, a cidade conta com cinco orquidários de grande importância, além de cultivadores e centenas de orquidófilos.

O orquidário Brasil Nursey, localizado no bairro Sítio do Mursa e considerado um dos maiores da América Latina,  chega a produzir mais de um milhão de mudas ao ano, exportando-as para países como China, Tailândia e Estados Unidos.

 

 

 

Por sua importância no desenvolvimento econômico e social do município, desde 2005 a Prefeitura realiza a Orquivárzea, congregando orquidófilos de todo o Brasil, numa exposição que reúne mais de 10 mil espécies. A festa é também um momento de efervescência cultural, divulgando talentos da região e trazendo artistas renomados e de alta qualidade para a festa que recebe visitantes de várias partes do Brasil e também do exterior.

radio3 TB